• Unidade Automação Industrial (17) 3531.1080
  • Unidade Laboratório de Metrologia (17) 3531-1089
Notícias

Mitsubishi Electric ensina como máquinas de embalagem podem ganhar produtividade a partir do Sincronismo de Eixos

Imagem retirada de https://www.automacaoindustrial.info/mitsubishi-electric-ensina-como-maquinas-de-embalagem-podem-ganhar-produtividade-a-partir-do-sincronismo-de-eixos/ Imagem retirada de https://www.automacaoindustrial.info/mitsubishi-electric-ensina-como-maquinas-de-embalagem-podem-ganhar-produtividade-a-partir-do-sincronismo-de-eixos/

Sincronizar eixos em máquinas de embalagem é uma etapa fundamental para a produção dentro da indústria, em especial na alimentícia. Hoje, companhias de todos os portes podem obter benefícios significativos de produtividade ao aplicarem esse recurso dentro da operação.

Apesar disso, trazer esse conceito da teoria para a prática pode se tornar um grande desafio, especialmente em pequenas empresas. Pensando nisso, a Mitsubishi Electric vai promover um webinar gratuito sobre o tema no dia 14 de maio. A apresentação online vai abordar pontos como a programação simplificada e sua aplicação para sincronismo de servo motores.

“Os CLPs da Mitsubishi Electric são conhecidos de longa data pela velocidade, facilidade de uso e flexibilidade de recursos desde os modelos compactos. Esses requisitos são cada vez mais valorizados nas aplicações industriais e queremos transmitir aos interessados no assunto um pouco mais sobre a nossa expertise”, afirma Hélio Sugimura, gerente de marketing da Mitsubishi Electric.

A companhia tem vasta experiência no assunto. Atualmente, disponibiliza aplicações de controle de eixos desde os CLPs de pequeno porte da linha FX5, permitindo o acesso de recursos avançados em máquinas de pequeno porte.

Os benefícios a serem obtidos com o sincronismo de eixos aliado à facilidade de programação envolvem redução de tempo de setup de máquina e de custos de produção. “A mudança na configuração das máquinas passa a ser feita de forma eletrônica, reduzindo a necessidade de ajuste mecânico. Isso também minimiza erros e ajuda a identificar de maneira preventiva a necessidade de ajustes no maquinário”, completa Sugimura.

fonte: automacaoindustrial.info

Saiba mais sobre Nossas Soluções