Voltar

Segurança da informação no universo empresarial

10/08/2016
Imagem retirada de http://www.scurra.com.br/blog/nao-corra-riscos-conheca-principais-ameacas-de-seguranca-da-informacao-de-ti/
Imagem retirada de http://www.scurra.com.br/blog/nao-corra-riscos-conheca-principais-ameacas-de-seguranca-da-informacao-de-ti/

É sabido por todos que as informações relacionadas as empresa são de extrema importância para o desenvolvimento destas no mercado, principalmente quando levamos em consideração o objetivo da maioria das empresas que é o de obter maior visibilidade no mercado e, com isso, ganhar destaque diante dos concorrentes.

Assim, o sigilo, a autenticidade, a disponibilidade e a irretratabilidade, que é a classificação da informação quanto aos requisitos de segurança, formam a proteção e, por que não dizer, o tratamento da informação.

Com relação a irretratabilidade da comunicação, a mesma se refere ao fato de o funcionário não poder alegar desconhecimento de determinado fato ou acontecimento inerente a empresa desde que a empresa utilize circulares internos como email, memorandos, como forma de comunicação.

A política de informação são indispensavelmente as diretrizes que definem o planejamento do fluxo da informação de forma consentânea e a política de segurança são as medidas que visam fundamentalmente ampliar a possibilidade de garantir a mantência da originalidade da informação e  implementar meios de modo a impossibilitar os ataques externos aos sistema de informação da empresa. E nesse meio estão presentes os controles, que é composto pelas atividades relacionadas a manter o dinamismo do fluxo das informações desde a captação, que em seguida passa pelo uso e por último o descarte das mesmas. O mapeamento das informações evita que o sistema seja abastecido com dados repetidos, redundantes ou desnecessários ao sistema.

Sobre os controles de segurança, temos a vulnerabilidade e a adaptabilidade. A vulnerabilidade é o fato de o sistema poder ser acometido por ataques externos e adaptabilidade, por sua vez, refere-se ao fato de o sistema adaptar-se as mudanças, aderindo às novas tecnologias minimizando as possibilidades de invasões externas.

O fato de as informações serem ultra-secretas compele as empresas a seguirem critérios rígidos de segurança de forma a não causar danos ao Estado e à sociedade e por serem secretas a guarda da informação é rígida, porém ela é compartilhada com alguns departamentos da organização, mas sua divulgação indevida causa certo prejuízo à sociedade, ao Estado e até mesmo à empresa.

Com relação a tabela de temporalidade, a mesma serve para definir o tempo necessário para a guarda de determinados documentos e registros. Essa tabela permite ao usuário, na fase de descarte, basear-se nas datas para que assim um documento não seja descartado antes do tempo e venha a causar transtornos burocráticos para a organização.

Muitas empresa investem no armazenamento digital de documentos onde os mesmos são digitalizados e arquivados em mídias. Com a evolução, as empresas acompanham esse processo evolutivo e a guarda das informações são feitas de forma cada vez mais segura através do desenvolvimento de softwares para esse fim.      

Fonte: Administradores.com, escrita por José Carlos