Voltar

Rio Conferences recebe presidentes de empresas de tecnologia da informação

18/06/2014
Imagem retirada de http://www.ceed.uerj.br/agenda/evento/rio-conferences-tecnologia-16
Imagem retirada de http://www.ceed.uerj.br/agenda/evento/rio-conferences-tecnologia-16

O Rio de Janeiro promove hoje (16) um encontro entre presidentes e diretores de empresas nacionais e internacionais para debater novos investimentos na área de tecnologia da informação e comunicação (TIC) na cidade e no Brasil. O encontro ocorre no âmbito da Rio Conferences 2014, que propõe a discussão de diversos temas em seminários setoriais, como petróleo e gás, tecnologia, audiovisual, saúde e infraestrutura.

De acordo com o secretário de Política de Informática do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, Virgílio Almeida, o evento ocorre no Rio para mostrar aos presidentes e empresários as oportunidades no setor de alta tecnologia. "O Brasil está entre os cinco maiores mercados de tecnologia da informação e comunicação e entre os sete maiores mercados na área de tecnologia da informação. É um mercado extremamente importante para qualquer empresa que queira expandir globalmente. Representa por volta de 3% do mercado global de tecnologia da informação”, explicou o secretário.

Segundo Almeida, o ministério está investindo cada vez mais no desenvolvimento de tecnologias de defesa cibernética para impedir que o Brasil seja vítima de espionagem e haja vazamento de informações sigilosas. “O país precisa criar tecnologias aqui. É importante que o país tenha um domínio nesse setor. O ministério investe através de financiamento de startups. O Ministério tem uma linha de financiamento para empresas que desenvolvem [tecnologias] nessa área. Há uma ação clara do ministério para fomentar o desenvolvimento científico e tecnológico para produzir ferramentas e tecnologias de defesa cibernética”, completou.

O presidente da Agência de Promoção de Investimentos do Rio de Janeiro (Rio Negócios), Marcelo Haddad, informou que esta é a segunda conferência feita na cidade. A primeira foi em 2012. Haddad antecipou que como resultado do evento de 2012, uma empresa de tecnologia vai anunciar a criação de uma sede na capital fluminense. “Hoje estamos discutindo três temas-chave. Os temas mais quentes pra atração de investimento em tecnologia são: análise de dados, que eles [empresários] chamam da big data; o segundo tema é o clouding - armazentamento remoto em nuvem - e redes sociais e o terceiro ponto é a mobilidade e a segurança”, explicou.

O presidente e diretor executivo de Estratégia e Inovação da Intel do Brasil, Fernando Martins, destacou a importância da troca de informações entre empresas de tecnologia para o crescimento do mercado no Brasil. “Nós escolhemos o Rio de Janeiro para a instalação do nosso Centro de Computação de Alto Desempenho. É muito interessante trocar essas ideias sobre esse momento em que o Brasil vive. A gente tem um terreno muito fértil para se plantar novas ideias aqui no país”, concluiu.

A Rio Conferences 2014 começou na última quinta-feira (12) e termina no dia 13 de julho. A iniciativa ocorre pela primeira vez em uma cidade brasileira durante um evento esportivo, como na Europa e nos Estados Unidos. Nesta segunda-feira foram debatidos temas como: computação em nuvem; segurança de informação e privacidade; análise de grandes quantidades de dados; redes e sistemas sociais; e mobilidade.

Fonte: Agência Brasil, editada por Denise Griesinger