Voltar

CSC: Não há mais tecnologia da informação, mas, sim, tecnologia dos negócios

23/11/2016
Imagem retirada de http://gestaoenegocios.digisa.com.br/mapa-da-mina/tecnologia-nos-negocios/1971/
Imagem retirada de http://gestaoenegocios.digisa.com.br/mapa-da-mina/tecnologia-nos-negocios/1971/

Nuvem, mobilidade, Internet das Coisas. As tendências tecnológicas são avassaladoras e determinam uma guinada no modelo de atuação da TI nas operadoras de telecomunicações, afirma o diretor-presidente da CSC, Omar Rodrigues. A eficiência operacional é um mantra nos negócios e a hora, agora, é a da batizada economia das APIs.

"Fato é que é preciso usar serviços de terceiros. Por que desenvolver um componente de geolocalização se é possível usar um pronto, disponível no mercado", exemplifica Rodrigues. Essa mudança não é simples, mas é determinada, especialmente, pela necessidade de ter uma relação mais próxima com o cliente final. "As telcos são intensivas em capital. Elas precisam otimizar o ciclo de vida dos seus ativos. A TI ganha papel determinante", pontua o diretor-presidente da CSC.


Fonte: Convergência Digital, escrita por Ana Paula Lobo e Pedro Costa -